top of page

Biography

Born at Fazenda do Raposo, in March 1952, Bom Despacho, MG, the author had his childhood and adolescence in Ouro Preto, a World Heritage city, having lived and worked later. in several regions of Brazil and abroad, opportunities that provided him with the ability to register knowledge about the cultural diversity that exists among peoples.

In 1963, the 11-year-old author received two gifts from his father: the literary collection by Monteiro Lobato and a correspondence drawing course at the Escola Panamericana de Arte, founded by the most important artists of the time. The first was the awakening to reading and the second the most important and revolutionary publication of the time, from the EPA, teaching how to draw professionally. In that decade, when everything was done by regular mail, the drawing course contained in the twelve-volume publication was taught by the most important designers in the country, among them Ziraldo, Manoel Victor Filho, Jayme Cortez, Mario Tabarim, Oswald de Andrade, Nico Rosso, and others. I believe it was the first Distance Learning Drawing Course in Brazil. It was exciting to receive the classes through very illustrated brochures with the classes, and in each volume studied and practiced, to receive personal assessments from these teachers on the assignments sent and the appropriate guidelines.

In childhood and adolescence, in addition to the gifts from the father, there were other determining factors that aroused two different careers, but interconnected in some points between art and advanced computer graphics for virtual environments. One of the influencing factors was the neighborhood, where plastic artists lived, an astronomer, a printer, friendly residents of the cottage built by Santos Dumont's father, where he lived briefly, and which stood out right in front of the author's bedroom window. In the artistic instinct, the influences of artists, such as his mother Conceição Amaral, Lígia Peret, Guinard, Takaoka, Estevão Pinto, Milton Passos, and others recognized, made the streets of the neighborhood a veritable open-air studio. Aviation influences came from two neighbors who invented rockets and built model airplanes, which when discarded were given to the author as a child, that fixed them. One of the neighbors, a French astronomer, who had the mission of observing the passage of satellites under the Ouro Preto sky, came from him with a fascination for space.

Another influence in the author's life was his experience in more than 10 winter festivals in Ouro Preto, when he had the opportunity to interact with the great artists and teachers of the time: Álvaro Apocalypse, Julian Beck, Eimar, Nelo Nuno, Jarbas Juarez, Yara Tupinambá, Normam McLarem and many others.

Na infância e adolescência do autor, foram vários os fatores, além dos presentes de seu pai, que influenciaram o despertar de duas carreiras distintas, porém interligadas: a arte e a computação gráfica avançada para ambientes virtuais. Um desses fatores foi a vizinhança onde vivia, habitada por artistas plásticos, um astrônomo, um tipógrafo, e moradores que eram amigos do construtor do chalé onde Santos Dumont havia morado brevemente, uma estrutura que se destacava diante da janela do quarto do autor.

O instinto artístico do autor foi moldado pelas influências desses artistas, incluindo sua mãe, Conceição Amaral, bem como Lígia Peret, Guinard, Takaoka, Estevão Pinto, Milton Passos, entre outros. Estes artistas transformavam as ruas do bairro em um ateliê ao ar livre. As influências da aviação surgiram de dois vizinhos que criavam foguetes e construíam aeromodelos. Quando esses modelos eram descartados, o autor, ainda criança, os recebia e consertava. A paixão pelo espaço veio de um vizinho astrônomo francês, encarregado de observar a passagem de satélites no céu de Ouro Preto.

Outra influência marcante na vida do autor foram suas experiências nos mais de 10 Festivais de inverno de Ouro Preto. Nessas ocasiões, ele teve a oportunidade de interagir com grandes artistas e professores da época, como Álvaro Apocalipse, Julian Beck, Eimar, Nelo Nuno, Jarbas Juarez, Yara Tupinambá, Normam McLarem e muitos outros."

The author has training and an intense life dedicated to journalistic, advertising and artistic media. One of his most important jobs was in the reformulation of the newspapers he worked for, researching solutions in the USA, Poynter Institute/Sat Petersburg Time, Miami Herald, USA Today, and implementing new technologies in Brazil in the fields of media conception, creation and production. He wrote and published a multitude of short stories throughout the years of his journalistic career, at the same time coordinating special editorials, forming and training new professionals to work in the implementation of new TV channels, printed newspapers and graphic parks.

Among other projects by the author, was the idealization of Jornal na Escola, derived from the weekly aimed at children, published by the main newspapers in the Midwest, O Popular, Jornal de Brasília and Jornal do Tocantins, having been distributed for over 30 years , free of charge, in the public elementary school system of these states. During this period, in the Repórter-Mirim club, more than 40,000 children became editors of their own stories on the pages of the precious little newspaper, and it is worth noting that the children's weekly was the owner of the best children's publication in the country several times. Many of the professionals trained in children's publishing currently occupy important positions in newspapers, TV and advertising agencies.

Founder of the regional newspaper Folha de Carajás and co-founder of Rede Globo's affiliated TV channels, Sistema NB de Comunicação, with its own graphic park, TV stations, pioneering communication complexes in hostile terrain, where to be in the media and be in the news sometimes meant denouncing individuals to the authorities and these discovered for crimes committed in other regions. The important fact of the presence of the press was enough to drastically reduce the wave of violence that ravaged the region of Alto do Xingu, Terra do Meio, Serra dos Carajás and all a previously forgotten part of Brazil. Currently, the region is full of excellent professionals trained in this pioneering enterprise, who masterfully continue the commendable task of bringing knowledge to people.

The author is gratified by the wide recognition of the communities in all the cities to which he brought the knowledge and information. A challenge that marked his life built with sincere friendships cultivated forever. He is sometimes asked if he has no ambitions; but, without needing to answer, or even boast about these facts, he keeps to himself the answers already given by his actions, just imagining that he may have surpassed the limit of his fundamental ambitions. Many have benefited, especially young people, whose importance of the advent of the right to information, the thousands of people who previously lived imprisoned in the island of ignorance, who were freed, developed, especially those born in recent years, who can now grow in an environment more human and promising.

"The wheel of life turns forward", quote from one of the author's friends, in which he tries to guide himself every day, especially in the face of adversity. Man's only wealth is knowledge. This is not kept in vaults, it does not devalue.

Aficionado of astronomy and aviation, in the aeronautical segment he contributed with The aerospace technology, designing, developing and building realistic flight simulators, systems and virtual environments for training, civil and military pilots. The most significant works were for the Brazilian Air Force, in the development of virtual environments for training fighter pilots, reproducing the great virtual reality scenario covering the northern and northeastern states of Brazil. It promoted the development and construction of simulators for the main aviation schools in Brazil, including innovative projects for institutions, such as ITA - Aeronautical Technology Institute in São José dos Campos, where engineers graduating from the last year can specialize in idealized environments and devices and developed by the author. Abroad, he developed projects for the aviation segments in Chile and Peru.

The legacy for those willing to learn, when the author's thinking defends that books cannot stay on shelves, just as knowledge cannot be a prisoner of an individual - books locked in shelves are buried words; they must be read and then donated, because every book kept means the prison of knowledge.

From 2015 onwards, he began dedicating himself more to art and literature, having written several original books, among which, when Meu Coração Calar, Angeli Rosario and others. To boost the new projects, it was necessary to get rid of old and rusty armor from past struggles. New challenges required that thought was recycled and, for that, he returned to the city of his childhood and youth, Ouro Preto, where the revitalizing force of thousands of students emanates from every city full of universities and republics. lived a year relearning with the younger ones, recovering tolerance, invigorating thought along with the republican spirit. The Sparta Republic was his home of recreation, with a lot of work, cheering on the past, cheering on the present and hopefully the future! It's the recycling of life in a cycle of missing someone you love, even if the gestures don't go beyond the shy side, and wanting to see the true good-will always - strengthening tonic that softens and strengthens the relationship.

In 2017, new pages were opened, where you can have an overview and try to live between two worlds, that of technology, continuing innovative projects in the aerospace area, in São José dos Campos, and the world of art and literature in your new home , in Cunha, SP, Serra do Mar, where he produces and shares his time with the preciousness of living together, in life with simple aspects of everyday life. With all the baggage, the biggest lesson that life teaches is that the biggest profit is the time left over for contemplation and simple everyday activities.

stpete.PNG
poybter.JPG
tampa bay.JPG

Com a experiência gráfica adquirida nos principais centros de computação dos Estados Unidos, o autor aplicou seus conhecimentos na área da Tecnologia Aeroespacial. Atualmente, ele é uma figura central neste campo no Brasil, tendo sido responsável pelo estabelecimento do setor de tecnologia e sistemas simuladores de voo no país.

Um de seus projetos mais notáveis foi para o Centro Tecnológico Aeroespacial em São José dos Campos. Lá, ele desenvolveu o simulador para a aeronave King Air. Atualmente, o autor está encarregado do desenvolvimento, construção e programação do simulador Sikorsky, um projeto inovador detalhado em seu site pessoal [https://marcnamara.com]. Este simulador é utilizado nos laboratórios de alunos de pós-graduação do ITA — Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

Além disso, o autor teve uma contribuição significativa no campo da educação e do jornalismo. Ele idealizou o projeto 'Jornal na Escola', derivado de um semanário voltado para o público infantil e publicado pelos principais jornais do centro-oeste brasileiro, como O Popular, Jornal de Brasília e Jornal do Tocantins. Durante mais de 30 anos, este projeto forneceu materiais gratuitamente para a rede pública escolar do ensino fundamental desses estados. Através do clube do Repórter-Mirim, mais de 40 mil crianças se tornaram editoras de suas próprias histórias nas páginas deste pequeno jornal, que foi reconhecido várias vezes como a melhor publicação infantil do país. Muitos profissionais formados por essa publicação ocupam hoje posições de destaque em jornais, televisão e agências de publicidade.

almanaque 2.JPG

O autor desempenhou um papel fundamental na implementação da rede de comunicação para a TV Globo, Liberal e NBTV, visando levar informações essenciais à população afetada por problemas como grilagem de terras, garimpo ilegal e contrabando de madeiras. Sua iniciativa visava a conscientização e a proteção das comunidades vulneráveis nessa região.

Além disso, ele foi fundador do jornal regional 'Folha de Carajás' e co-fundador dos canais de TV afiliados à Rede Globo, integrando o Sistema NB de Comunicação. Esse sistema incluía um parque gráfico próprio, emissoras de TV e complexos de comunicação pioneiros, estabelecidos em um ambiente desafiador. Neste contexto, estar na mídia e reportar notícias frequentemente significava denunciar indivíduos às autoridades, contribuindo para a descoberta de crimes cometidos em outras regiões. Foi uma época de conflitos em locais onde ser jornalista era algo impensável, enfrentando forças agressivas e perigosas, que gradualmente foram anuladas pela coragem e perseverança de equipes competentes, cujas armas eram as câmeras e imprensa falada e escrita.

A presença da imprensa, graças a esses esforços, teve um impacto significativo na redução da violência nas regiões do Alto do Xingu, Terra do Meio e Serra dos Carajás, áreas anteriormente marginalizadas no Brasil. Atualmente, essas regiões se beneficiam da presença de profissionais altamente qualificados, formados por esse empreendimento pioneiro. Sua amizade com as tribos indígenas lhe rendeu outra visão, de um mundo desconhecido em suas prfundezas sociais.que  seguem com dedicação a missão de disseminar conhecimento para a população."

brasil.JPG
indios.JPG

O autor sente uma profunda gratidão pelo amplo reconhecimento recebido das comunidades das diversas cidades nas quais ele contribuiu para a disseminação do conhecimento e da informação. Essa jornada, marcada por desafios significativos, foi também enriquecida com amizades sinceras e duradouras. Frequentemente questionado sobre suas ambições, ele prefere deixar que suas ações falem por si, refletindo sobre a possibilidade de ter atingido e talvez superado suas aspirações mais fundamentais.

O impacto mais notável de seu trabalho foi sobre os jovens. Ele contribuiu para a democratização do acesso à informação, beneficiando milhares de pessoas que antes estavam isoladas em uma ilha de desconhecimento. Graças ao seu esforço, essas pessoas se libertaram e se desenvolveram, principalmente as gerações mais novas, que agora têm a oportunidade de crescer em um ambiente mais humano e promissor.

O autor se inspira diariamente na citação de um amigo: 'A roda da vida gira para frente', especialmente ao enfrentar adversidades. Ele acredita firmemente que a única riqueza verdadeira do homem é o conhecimento, um tesouro que não se guarda em cofres e nunca desvaloriza.

Marcio N Amaral é um autor cuja obra transcende as convenções e as fronteiras que frequentemente promovem o sectarismo. Com uma postura crítica, Amaral abomina e combate ativamente o fanatismo em qualquer uma de suas manifestações, seja na esfera religiosa, política, social ou cultural. Esta aversão ao fanatismo reflete sua profunda crença na importância do diálogo, da empatia e do entendimento mútuo entre diferentes comunidades e grupos de pensamento.

Além disso, Amaral é notavelmente crítico em relação ao autoritarismo e à negligência das administrações públicas para com as cidades e suas populações. Seu trabalho expõe e desafia os fracassos e as omissões dos governos locais e nacionais, colocando em evidência as consequências dessas falhas para o cotidiano e o bem-estar das comunidades afetadas.

Amaral também se posiciona contra o provincianismo pernicioso, que ele vê como uma limitação ao progresso e ao enriquecimento cultural das sociedades. Para ele, o provincianismo é uma forma de isolacionismo cultural que rejeita as influências externas e desvaloriza a importância da diversidade e do intercâmbio cultural. Ao mesmo tempo, ele não deixa de se encantar com a simplicidade, o bucolismo e as tradições mais profundamente enraizadas nas comunidades. Essa apreciação pela simplicidade e pela autenticidade das tradições locais reflete seu reconhecimento do valor intrínseco e da beleza nas formas de vida mais simples e genuínas.

Marcio N Amaral rejeita a ideia de qualquer região ou comunidade como uma entidade isolada. Para ele, cada região é um pedaço integrante de um Brasil maior e repleto de contrastes. Essa visão destaca sua crença na interconexão e na interdependência de todas as partes do país, reconhecendo a rica tapeçaria de culturas, tradições e histórias que juntas formam o mosaico brasileiro. Amaral vê o Brasil não como uma soma de partes isoladas, mas na totalidade complexo e vibrante, onde cada elemento contribui para a diversidade e a riqueza do país.

marcio.JPG
marcio.PNG
programas.JPG

Desde 1997, o autor tem sido pioneiro no campo do comércio eletrônico, antes mesmo de se tornar uma prática comum. Ele fundou a Worldsceneries, uma empresa dedicada ao desenvolvimento de softwares de simulação de voo para entusiastas da aviação. O sucesso desses programas foi notável, com vendas globais realizadas por meio dos maiores distribuidores do setor, como Simmarket na Europa e X-Plane.org nos Estados Unidos.

Sua dedicação e aprimoramento contínuo do produto abriram caminho para a simulação de voo profissional. Em colaboração com o Centro de Computação Aeronáutica de São José dos Campos, ele desenvolveu ambientes virtuais que reproduzem com precisão as regiões do norte e nordeste do Brasil. Estes são utilizados nos simuladores de voo da FAB para aeronaves do tipo Supertucano.

Paralelamente, Márcio criou ambientes virtuais que representam os polos terrestres para a aviação virtual. Esses programas são comercializados em mais de 100 países e cumprem as rigorosas exigências dos mercados dos Estados Unidos e da Europa. Os principais vendedores e usuários estão nesses dois países. As avaliações dos usuários são extremamente positivas, refletindo a alta qualidade dos produtos. Ao longo de 25 anos no mercado, a empresa conquistou 100% de satisfação dos clientes em termos de qualidade e atendimento.

Para mais informações, os interessados podem visitar os seguintes sites:


— [Worldsceneries](https://www.hsimulators.com/) para vendas online no Brasil.
— [Simmarket](https://secure.simmarket.com/advanced_search_result.php?keywords=hsimulators) para vendas na Europa.
— [X-Plane.org](https://store.x-plane.org/search_adv.asp?keyword=hsimulators&sort=relevance&page=1&pageSize=24) para vendas nos Estados Unidos.

sikorsky2.JPG
Capturar.PNG

"Com uma paixão por astronomia e aviação, o autor teve uma contribuição significativa no setor aeronáutico, especialmente na área de tecnologia aeroespacial. Ele se especializou no projeto, desenvolvimento e construção de simuladores de voo, sistemas e ambientes virtuais realísticos para treinamento de pilotos civis e militares. Seus trabalhos mais expressivos incluem o desenvolvimento de ambientes virtuais para a Força Aérea Brasileira, especificamente para o treinamento de pilotos de caça, com cenários virtuais abrangendo os estados do norte e nordeste do Brasil.

O autor também promoveu o desenvolvimento e construção de simuladores para as principais escolas de aviação do Brasil. Isso inclui projetos inovadores para instituições renomadas como o ITA — Instituto de Tecnologia Aeronáutica em São José dos Campos, onde engenheiros no último ano de formação podem se especializar em ambientes e dispositivos idealizados por ele. Internacionalmente, ele desenvolveu projetos para a aviação no Chile e no Peru.

Entre seus serviços e projetos desafiadores, destacam-se os trabalhos realizados para a Armada do Chile, nos quais desenvolveu instrumentos virtuais e a programação para o simulador de voo Pilatus PC7, contratado pela Avionics Services. Projetos bem-sucedidos também foram desenvolvidos e implantados para escolas de aviação no Peru. No Brasil, as escolas de aviação utilizam simuladores de helicópteros Robinson 22, projetados e construídos por Marcio N. Amaral, para a formação e treinamento de novos pilotos."

Marcio Amaral distingue-se no campo da engenharia aeroespacial pela sua profunda competência no projeto, desenvolvimento e construção de sistemas embarcados para diferentes tipos de aeronaves, tanto civis quanto militares. Sua expertise abrange o uso inovador de linguagens de programação não convencionais no ambiente aeroespacial, desafiando os padrões tradicionais e oferecendo soluções técnicas avançadas e personalizadas para os desafios enfrentados pela indústria.

Um dos trabalhos mais notáveis de Amaral foi o desenvolvimento do instrumento MVP-50T, um sistema replicante avançado para o monitoramento de motores de aeronaves. Este projeto se destaca não apenas pela sua aplicabilidade em ambos os domínios, civil e militar, mas também pelo uso da linguagem LUA SCRIPT para a sua programação. LUA é uma linguagem poderosa, leve e flexível, desenvolvida originalmente na PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro) no Brasil. Apesar de não ser amplamente reconhecida no setor aeroespacial, LUA tem sido adotada por milhares de empresas globalmente, graças à sua eficiência, facilidade de integração e capacidade de ser estendida para atender a necessidades específicas dos projetos.

O MVP-50T, projetado e implementado por Amaral, incorpora uma série de funcionalidades inovadoras para o monitoramento de motores, incluindo a visualização em tempo real de parâmetros críticos, alerta de desempenho anormal e a capacidade de adaptação a diferentes modelos de motores. A escolha da linguagem LUA SCRIPT para este projeto não é apenas uma prova do profundo conhecimento técnico de Amaral, mas também de sua habilidade em selecionar e aplicar ferramentas tecnológicas que maximizam a eficiência, a confiabilidade e a personalização dos sistemas que desenvolve.

Este projeto ilustra a abordagem de Amaral em transcender as fronteiras tecnológicas e metodológicas convencionais, explorando novas possibilidades em design e programação de sistemas embarcados. Seu trabalho no MVP-50T exemplifica como a combinação de conhecimento técnico especializado com uma abordagem inovadora à escolha de ferramentas e linguagens de programação pode resultar em avanços significativos na tecnologia aeroespacial, beneficiando a indústria na totalidade.

armada.JPG
r22.JPG
sikorsky.JPG
15288705_10211344066143569_8686035207343473180_o.jpg

Since ancient times, man creates, stages, acts and writes stories that are registered in the archives of humanity. Some of the works that were at one time the fruit of a fertile imagination later became visionary works of the discoveries.

 

We can cite classics such as Jules Verne, Voyage to the Moon and Twenty Thousand Leagues Under the Sea, as well as more recent works such as Gene Roddenberry's Star Trek saga.  

 

Both creators foresaw great discoveries that at the time of the initial editions were no more than simple fiction.

In my life I was lucky to have found and lived with some icons of art and literature, among them, Cora Coralina. I select a fragment of her work which I could hear from the poet herself, in her house on the banks of the Red River.

"I am that woman

whom time has taught a lot.

taught to love life

and not give up the fight,

start over in defeat,

renounce words

and negative thoughts.

believe in human values

and be optimistic.
 

I believe in immanent strength

that generates the human family,

in a light stream

of universal brotherhood.

I believe in human solidarity,

in overcoming mistakes

and anxieties of the present.

[...]

 

I learned that it's better to fight

than collect everything easy.

Better believe than doubt"

Cora Coraline

bottom of page